Trincas

 Para melhor entendimento, consulte o glossário abaixo
   
Manifestação Esquema Causas Reparos
Trincas verticais em pilares, junto às quinas ou bases - Corrosão das barras de aço devido a falhas de concretagem ou pouco cobrimento de concreto.
  
- Produtos nocivos incorporados no concreto.
-Tratamento das barras de aço somente com profissional especializado na reconstituição da estrutura ou reforço.
Fissuras nas quinas de vigas isoladas, ou em dilatação (com ou sem barras de aço expostas) - ídem anterior
  
- infiltração de água pela junta de dilatação.
- ídem anterior
  
- execução de nova vedação das juntas de dilatação.
  
- não colocar calhas para captar e escoar a água de infiltração; somente adia a solução e piora o estado da estrutura.
Trincas verticais em vigas - deformação excessiva da viga por erro de projeto ou por estar sob carga excessiva - reparo ou reforço após avaliação do perito
  
- reparo ou reforço urgente
Trinca em consoles - deficiência ou inexistência de aparelho de apoio.
  
- sobre-carga
  
- erro executivo ou do projeto
- substituição do aparelho de apoio
  
- reforço ou reparo do console
Trincas em laje com corrosão das barras de aço - infiltração de água
  
- pouco cobrimento de concreto
  
-presença de produtos químicos nocivos no concreto
- recuperação ou reforço das barras de aço e reconstituição do concreto
  
- solucionar problema de vazamento
Trincas de "bigode" em cantos vivos de aberturas - inexistência ou deficiência de vergas ou contra-vergas - recuperação específica
Destacamento da alvenaria e trincas. Área interna e externa. - efeitos da dilatação térmica da laje de cobertura - tratamento térmico da laje
  
- reforço do encunhamento
Caso anterior, mas em andares inferiores   - deficiência no encunhamento entre parede e estrutura - reforço na interligação entre parede e estrutura
Fissuração horizontal na alvenaria junto à base - umidade vinda da fundação - refazer a impermea-
bilização
  
- reparo da trinca
Manifestação Aspectos Observados Causas Reparos
Eflorescência - manchas de umidade
  
- pó branco acumulado sobre a superfície
- umidade constante - eliminação da umidade
  
- secagem e reparo do revestimento
Bolor - manchas esverdeadas ou escuras
  
- revestimento em desagregação
- umidade constante
  
- área não exposta ao sol
- eliminação da infiltração e umidade
 
- lavagem com cloro diluído em água
  
- reparo do revestimento solto ou sem resistência
Descolamento do revestimento de massa com trincas sem definição - a placa de massa apresenta-se endurecida quebrando com dificuldade
  
- som oco
- deficiência da aderência entre a massa e a alvenaria
  
- argamassa com muito cimento ou espessa
  
- corrosão das barras de aço, quando a argamassa está aderida à estrutura
  
- ausência de chapisco
- recuperação do concreto
  
- renovação do revestimento
Fissuras mapeadas - secagem rápida da argamassa
  
- retração por excesso de água na argamassa
- renovação do revestimento, se estiver com som oco
  
- tratamento das trincas, se não estiver com som oco
  
- o tratamento não se resolve só com massa corrida ou sela-trinca
   
 GLOSSÁRIO
 Aparelho de apoio  Espécie de borracha que fica entre o console e a viga.
 Chapisco  Massa de aderência do revestimento
 Dilatação térmica  Expansão do material pelo calor
 Eflorescência  Umidade que sobe pelas paredes
 Encunhamento  Ligação entre as paredes e a estrutura
 Fissuras  Rachaduras de grande proporção
 Juntas de dilatação  Vigas paralelas em subsolos, que permitem a oscilação prevista para o prédio
 Sela-trinca  Produto que consiste em tela de poliestireno mais massa corrida
 Trincas  Pequenas rachaduras
 Vergas  Viga inferior da janela; contra-vergas são as vigas superiores de portas e janelas